OS DONS DOS ESPÍRITO SANTO


Os Dons concedidos pelo ESPÍRITO SANTO

Leitura:

1 CO. 12:1
1 CO. 12:4
1 CO. 12:7
1 CO. 12:31
RM. 12:6
EF.4:7

De acordo com os textos que encabeçam esta postagem:

  • Não devemos ser “ignorantes” sobre os dons espirituais;
  • Há diversos dons, mas o ESPÍRITO é o mesmo;
  • A manifestação do ESPÍRITO tem por finalidade o que é útil;
  • Devemos procurar com zêlo os “melhores” dons (o que indica uma classificação entre eles);
  • Recebemos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada;
  • Recebemos diferentes dons, de acordo com a medida do dom de CRISTO.

Relação dos Dons:

Romanos 12:6-8

  • Profecia (1 CO. 12:28);
  • Ministério (serviço, do grego Diakonia);
  • Ensino (Mestre);
  • Exortação;
  • Repartir (liberalidade);
  • Presidir (governo, para o presbitério);
  • Misericórdia.

1 Coríntios 12:4-31

  • Palavra da Sabedoria;
  • Palavra da Ciência ou Conhecimento (Revelação, conhecimento sobrenatural – ver 1 CO. 13:2; 14:24,25)
  • Fé;
  • Dons de Curar.
  • Operação de Maravilhas (milagres);
  • Profecia (já citada em RM.12:6);
  • Discernimento de espíritos;
  • Variedade de línguas;
  • Interpretação de línguas;

Quanto à aplicação dos Dons:

1 Coríntios 12:25

Primeiramente para que não haja divisão no “corpo” (Igreja), antes, cuidem os membros uns dos outros.

Efésios 4:11-16

Nesta epístola (carta), o Espírito Santo já traz maior clareza sobre alguns “serviços” ou “ministérios específicos”, poderíamos assim dizer. Segundo o texto, esses homens (apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e doutores – 4 ministérios) são colocados na Igreja para promover o aperfeiçoamento dos santos, produzindo, assim, o crescimento do Corpo. Em outras palavras, esses ministérios levam cada membro não apenas a entender qual o dom recebido pelo Espírito Santo, mas também a deixar-se usar pelo Espírito Santo nesse mesmo dom, promovendo assim a edificação da Igreja.

       Esses ministérios não têm por objetivo criar grupos particulares, pois tal coisa é condenada nas Escrituras, conforme 1 Coríntios 3:1-4; 1 Coríntios 1:10.

Não! Esses ministérios são levantados para promover a edificação de TODO o Corpo de CRISTO, de cada filho e filha de DEUS, não apenas daqueles que se reúnem sob determinada “liderança”.

       Se fôssemos listar os dons, poderíamos fazê-lo da seguinte forma:

  1. Profecia
  2. Serviço (Diakonia)
  3. Ensino
  4. Exortação
  5. Repartir
  6. Presidir
  7. Exercitar Misericórdia
  8. Palavra da Sabedoria
  9. Palavra do Conhecimento
  10. Curas
  11. Milagres
  12. Profecia (Repetição)
  13. Discernimento de espíritos
  14. Variedade de Línguas
  15. Interpretação de Línguas
  16. Socorros
  17. Governos

Temos também citados os ministérios:

1) Apóstolos

2) Profetas

3) Evangelistas

4) Pastores e Doutores (duas características de um mesmo serviço ministerial).

       Isso tudo, à luz de Romanos 12:6-8; 1 Coríntios 12:8-10; 28-31.

       Quanto ao uso dos dons:

Profecia:

       Examinando os seguintes textos bíblicos (leia em oração):

1 CO. 12:10

RM. 12:6

1 CO. 14: 1, 3, 5, 8, 12

NM. 12:6

2 CR. 20:20

AM. 3:7

2 PE. 1:19

JR. 1:5, 7, 10

EZ. 2:7, 8; 33:7

AT. 11:27-30; 13:1-3; 21:10-11

1 CO. 12:12-27

       Ao longo da Palavra de DEUS, quer seja no V.T. (Velho Testamento) ou no N.T. (Novo Testamento), vemos a responsabilidade e seriedade quanto ao dom de profecia, ou ao serviço (ministério) de quem é um profeta ou uma profetisa do SENHOR.

       É importante salientar que, de acordo com a Bíblia, no Corpo de CRISTO (Igreja), não são todos profetas (1 CO. 12:28, 29; EF. 4:11), o que mostra que alguns são profetas.

       À luz de Amós 3:7; 2 PE. 1:19; Mateus 6:22 – Devemos refletir se os profetas não seriam “os olhos” no Corpo de CRISTO, aqueles que “trazem a luz do SENHOR” para o Corpo. Em Mateus 6:22 JESUS afirma que os olhos são a lâmpada do Corpo, por isso as Escrituras registram: “não havendo profecia, o povo se corrompe” – Provérbio 29:18. Ou seja, sem profecia, o povo fica “sem luz”, então, a Palavra vinda dos profetas, é uma luz que alumia em lugar escuro (2 Pedro 1:19). 

        No Antigo Testamento, A Bíblia compara o profeta ao “vigia” ou “atalaia” (Isaías 21:6,8; Ezequiel 3:17 e referências); esse vigia nada mais era, senão um soldado que ficava no alto de uma das torres nas cidades antigas, com a missão de ver o que estava vindo na direção da cidade (Ezequiel 33:1-7).

       A função do profeta no Novo Testamento não mudou! Vemos, em Atos 11:27,28 a situação sobre a qual o profeta Ágabo avisou os santos em Antioquia.

        Mais à frente, em Atos 21:10,11 encontramos novamente o mesmo profeta (um dos profetas que havia em Jerusalém, cidade onde a Igreja nasceu) avisando o apóstolo Paulo do que iria lhe acontecer em Jerusalém (na ocasião eles se encontravam em Cesaréia, que fica à 120 km de distância de Jerusalém, uma caminhada de 23h a pé.

       Vemos, portanto, que o SENHOR continua dando, aos profetas, uma visão mais ampla das coisas que vão acontecer – conforme Atos 2:30-32; Judas 1:14.

       É preciso entender que na Bíblia, a palavra dos profetas (profecias) não tem somente a função de “prever o futuro”, mas, também, para edificação, exortação e consolação.

       Isto é, os profetas são levantados pelo SENHOR para edificar (Jeremias 1:10; 1 Coríntios 14:4; Efésios 4:12) para exortar (aconselhar, estimular, induzir, levar à fazer algo, persuadir; – (conforme 1 Reis 1:23-38; 1 Reis 17:13-16; etc.) e para consolar (conforme 1 Reis 17:17-24; Isaías 39:1-8),

       Desse modo, ao examinar os textos da Bíblia que tratam do serviço dos profetas, é possível termos uma ideia da importância desse serviço nos dias de hoje.

       Busque o SENHOR em oração e peça a ELE que levante verdadeiros profetas em meio à nossa geração.

       Além disso, que sejamos livres dos falsos profetas que se levantam em cada geração para trazer trevas e mentiras no meio do povo.

       Romanos 12:7 – Serviço, ou Diakonia. Esse dom está diretamente relacionado com a vida cotidiana e com os serviços práticos que a mesma acarreta a cada um de nós.

       Lemos em Atos 6:1-7 que os apóstolos orientaram os discípulos (discípulo = seguidor de JESUS CRISTO) a eleger “homens cheios do ESPÍRITO SANTO” para socorrerem os necessitados em suas necessidades diárias. No texto, havia muitas viúvas passando necessidade.

      Posteriormente, em 1 Timóteo 3:8-13 encontramos quais deveriam ser as características (adjetivos) dos “diákonos“, ou seja, daqueles que iriam exercer a “diakonia”:

       Vejamos as qualidades de um diácono:

  • Respeitável;
  • De uma só palavra; (não tratante);
  • Não inclinado à muito vinho (não dado ao alcoolismo);
  • Não cobiçoso de torpe ganância (não avarento, sem amor ao dinheiro);
  • Guardando a fé em uma consciência pura;
  • Que seja “provado”, ou “testado”;
  • Que seja irrepreensível (sem reprovação);
  • Casado com uma só mulher (bom marido; num único casamento).
  • Que governe bem seus filhos (pai exemplar);
  • Que governe bem sua própria casa (bom sacerdote e administrador);
  • Influenciador para o bem;
  • Intrépido (ousado, não tímido ou covarde);

       Revendo Romanos 12:7, vemos que junto com a profecia, ou com o profeta, é citado logo em seguida a diakonia, (o diácono).

       Ora, em EF. 2:20 vemos que além dos apóstolos, também os profetas lançam o fundamento (1 CO. 3:11), edificam a fé dos santos (EF. 4:11-16; 1 CO. 3:10…), logo em seguida, os diáconos são levantados dentro da igreja para cuidas das questões práticas na vida dos santos. 

       É impressionante a harmonia entre os dons do ESPÍRITO SANTO, o resultado do exercício dos mesmos.

       A Palavra de DEUS – Bíblia Sagrada nos fala que todos quantos fomos batizados em CRISTO, fomos “revestidos DELE”, mais que isto, fomos por ELE batizados em um ESPÍRITO, formando UM CORPO – não somos batizados para “compor um grupo religioso, uma religião, uma instituição religosa”, não, fomos batizados para a edificação de uma só igreja – a Igreja de JESUS.

       Não importa onde você congregue ou se reúna, não importa se pertence ao “grupo A” ou ao “grupo B”, se quem coopera com sua vida é Pedro, Paulo, João, ou quem quer que seja… Todas essas pessoas, foram instrumentos de DEUS pelos quais o Evangelho, a Palavra de DEUS chegou até você… Esses “líderes” não detém o monopólio sobre sua vida espiritual. Não são donos de sua vida. Você pertence a UM SÓ – A JESUS CRISTO. Como membro do Corpo de CRISTO ─ se você de fato nasceu de novo, e foi batizado no Corpo de CRISTO, se foi transformado pela Palavra de DEUS – 1 Pedro 1:23, então você faz parte de uma só igreja, a igreja de CRISTO. Claro, essa Igreja é composta por inúmeras igrejas locais, pelos cristãos que se reúnem em cada cidade como Corpo de CRISTO. 

       A despeito do fato de o inimigo do homem ter causado tanta divisão no meio do povo de DEUS através das instituições religiosas, cabe a você, como filho(a) de DEUS, buscar preservar a Unidade do Espírito (Efésios 4:3). Observe que a Palavra de DEUS não nos ordena a “criar” a unidade do Espírito, nem a “buscar” essa unidade. A Unidade do Espírito, pela qual JESUS orou em João 17:20-22 já existe. Se você deixar o ESPÍRITO SANTO conduzir sua vida, experimentará a Unidade do Corpo de CRISTO e terá comunhão com quem é do Corpo – 1 João 1:1-3.

       Quero encorajar você que está lendo este artigo a buscar os dons do ESPÍRITO SANTO. Busque em clamor, oração e jejuns, porque são chegados os dias maus, nos quais, somente pelo revestimento do ESPÍRITO SANTO não seremos levado em roda por todo vendo de doutrina, conforme nos alerta a carta aos Efésios, 4:11-16.

       Você já sabe qual é o seu dom? Qual é sua função no Corpo de CRISTO?

       Lembre-se, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha?

Sobre Carlos Alberto Bächtold

Cristão, natural de Joinville/SC, casado com Adriana B.S. Bächtold, com quem tem dois filhos, Daniel e Débora. Atua como professor pós-graduado na rede pública de ensino. Profeta, é responsável por alguns discípulos de CRISTO em Foz do Iguaçu, onde mantém residência, buscando cooperar com a expansão do Reino de DEUS sobre aqueles com quem se relaciona. Após o afastamento do trabalho da esposa, que teve que ser submetida à dois transplantes de córnea, cujo quadro clínico é irreversível (para a medicina), decidiu ampliar este site, antes apenas de artigos sobre o Reino, para oferecer às famílias homeschoolers os cursos de matemática desenvolvidos por sua esposa e por ele diagramados e colocados nesta plataforma.
Esse post foi publicado em verdade. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s